Monthly Archives: março 2014

São Sebastião imuniza 85,9% de meninas entre 11 e 13 anos contra o HPV

Município imuniza mais de 1,7 mil meninas na faixa etária estipulada pelo ministério

Município imuniza mais de 1,7 mil meninas na faixa etária estipulada pelo ministério

Em duas semanas de campanha a Secretaria de Saúde de São Sebastião imunizou 1.761 meninas entre 11 e 13 anos contra o papilomavírus humano (HPV). Este número representa 85,9% de garotas vacinadas, o que significa que a cidade ficou acima da meta estipulada pelo Ministério da Saúde.
A campanha de vacinação segue até o dia 10 de abril nas Unidades Básicas de Saúde e escolas municipais.
De acordo com o diretor da Vigilância Epidemiológica Elias Cecílio o município conseguiu imunizar mais do que estipula o governo federal. “A meta estipulada pelo governo é de vacinar 80% desta população entre 11 e 13 anos e a 10 dias do encerramento da campanha nós já conseguimos superar este número determinado pelo governo federal”, explica.
A vacinação é importante para a prevenção do câncer de colo de útero. Para receber a dose, basta apresentar o cartão de vacinação ou documento de identificação. Cada adolescente deverá tomar três doses para completar a proteção, sendo que a segunda, seis meses depois e a terceira, cinco anos após a primeira dose.
Neste ano, será vacinado o primeiro grupo (11 a 13 anos). Em 2015, a vacina passa a ser oferecida para as adolescentes de 9 a 11 anos e em 2016 às meninas de 9 anos.
A vacina contra HPV tem eficácia comprovada para proteger mulheres que ainda não iniciaram a vida sexual e, por isso, não tiveram nenhum contato com o vírus. Hoje, é utilizada como estratégia de saúde pública em 51 países, por meio de programas nacionais de imunização.

A doença
O HPV é o causador do câncer de colo de útero e, inicialmente assintomática, a infecção  pode evoluir para lesões de pele e mucosas, em alguns casos também ocasiona o surgimento de verrugas genitais.
Quando não tratada corretamente, essas lesões podem evoluir para um quadro de câncer genital, cuja doença tem como principais sintomas dores, corrimento ou sangramento vaginal.

Grupos folclóricos de Ubatuba recebem prêmio nacional

1959620_597190863701968_1967394481_n

A Folia do Divino e o grupo quilombola Ô de Casa foram contemplados com o Prêmio Culturas Populares – Edição 100 anos de Mazzaropi, criado pela Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural do Ministério da Cultura.
Os dois grupos ubatubenses acabaram premiados devido ao seu importante trabalho de resgate e manutenção da cultura caiçara e quilombola.
O grupo Ô de Casa é formado por jovens do quilombo da Fazenda Picinguaba, região norte do município. Seu objetivo é o resgate e a valorização dos ritmos musicais quilombolas.
Já a Folia do Divino, segundo relatam os caiçaras que fazem parte do grupo, existe na região há cerca de dois séculos. Entre os meses de maio e julho, acontece a peregrinação que vai de sul a norte do município, sob a bandeira do divino, com o povo entoando músicas tradicionais.

Natanael Olyver assume a gerência de eventos do badalado Restaurante Kalango no Shopping Ardhentia em Ilhabela

O novo diretor de eventos do Kalango Hotel Boutique e Kalango Restaurante

O novo diretor de eventos do Kalango Hotel Boutique e Kalango Restaurante

Natanael Olyver, o jovem empreendedor de apenas 20 anos, conhecido como um dos socialites mais requisitados do momento por suas badaladas festas e recepções em todo o litoral norte paulista, é a partir de agora o mais novo gerente de eventos do Kalango Hotel Boutique e Kalango Restaurante, no Espaço Shopping Ardhentia, na Praia do Perequê em Ilhabela.
” O Espaço é deslumbrante, de uma estrutura sem igual, o único restaurante mexicano da cidade, com música ao vivo e vista para o mar, ideal para um evento de sucesso”, afirma Natanael.
E pra começar em alto estilo, no dia 18 de abril será realizada a “I Noite da Bossa Nova”, com a presença da incrível cantora Julie Drumond se apresentando no Hotel. Os ingressos estão à venda antecipadamente e a custo acessível a moradores da cidade.
Natanael que a pouco assumiu a Com Classe Eventos, está com uma agenda de grandes eventos para o Restaurante  que vale a pena ser conferida.
“Estão todos convidados a conhecer nosso espaço e a passar momentos inesquecíveis em nossos eventos, conto com a presença de vocês”, conclui o Gerente de Eventos.
Bons ventos, a nova gerência, e que aconteçam eventos de sucesso!
Mais informações: 12 3896-6220.

Crianças do Projeto Viração participam do 1° Encontro de Amostra Circense

Viração Rebeca Ingrid

Alunos do Viração, desenvolvido pela Setradh (Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Humano) na Topolândia, região central de São Sebastião, realizaram na manhã desta sexta-feira (28), o 1° Encontro de Amostra Circense. A iniciativa do projeto contou com a participação especial dos alunos do Cidadão Criança, instalado  no Morro do Abrigo, também na região central da cidade.
Danças, apresentações artísticas com malabarismos e palhaços marcaram o evento que resultou em uma perfeita integração entre os dois projetos.
A professora de Circo e Dança do Viração, Caroline Evelyn Sabará, destacou a relevância  da atividade. “É fundamental mostrar para as crianças a importância da data, arte e magia, para que eles acreditem no circo. Durante o mês eles aprenderam o processo e tiveram uma vivencia em várias atividades”, disse, referindo-se a 27 de março, Dia do Circo.
Maria Eduarda de Melo Martins, 10, aluna do Viração, confessou ter ficado muito nervosa antes da apresentação. “Fiquei com medo e tensa, mas depois comecei a gostar de tudo; foi muito bom participar e ajudar”, disse. “Quero um dia viajar com algum circo”, frisou.
As irmãs Camile e Jeniffer Shultz comentaram a alegria em fazer parte das aulas de Circo e Dança dentro do Cidadão Criança e por participarem da amostra. “Gostamos de tudo isso, principalmente das bailarinas”, concluíram as meninas.
De acordo com a coordenadora das atividades Ana Carla Martins, alguns alunos nunca tinham ido ao circo. Ela informou ainda que a amostra foi a oportunidade de vivenciarem uma experiência nova. “No projeto trabalhamos com temas e as crianças também fazem aulas de circo e dança , com isso, produziram todo o material e as coreografias ”, declarou.

Extra-classe
Além desse evento, o projeto Viração vem, desde janeiro, proporcionando aos seus  alunos, várias outras opções de atividades extra-classe.
De acordo com a coordenadora Ana Carla Martins, foram seis os passeios promovidos pelo Viração, dois à piscina do CAE (Centro de Apoio Educacional) do Pontal da Cruz, quatro à praia Grande. “Levamos nossas crianças, 120 no total, para uma diversão sadia e foi muito proveitoso, tanto para os alunos quanto para os monitores”, comentou.
O projeto também promoveu um dia diferenciado dos demais levando as turmas dos dois períodos para assistirem um espetáculo circense. “Para eles essa visita ao circo foi fundamental, pois nossos alunos têm aula de circo e leva-los para observarem a realidade circense foi como uma aula, aliás, uma aula muito proveitosa”, enfatizou Ana Carla, acrescentando que as crianças também assistiram ao filme “Os Saltimbancos Trapalhões”, em uma sessão especial de cinema dentro do projeto.
E o Viração não ficou apenas com as atividades voltadas às crianças do projeto, ele proporcionou ainda um momento especial junto às mães com a Oficina de Chocolate promovido em parceria com o projeto Garoçá, que enviou a monitora pedagógica Fabiana dos Santos, responsável por ensinar o grupo a confeccionar trufas, bombons e pirulitos de chocolate, fora os tradicionais ovos de Páscoa. “Todas essas ações colaboram com o aprendizado e isso nos estimula a elaborar cada vez mais uma programação diferenciada voltada aos nossos alunos”, concluiu a coordenadora.

Reunião instrui população de Ubatuba sobre como usar pluviômetros

Espalhados pela cidade, aparelhos ajudam na prevenção de desastres  naturais ocasionados pela chuva

Espalhados pela cidade, aparelhos ajudam na prevenção de desastres
naturais ocasionados pela chuva

O Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) e a Defesa Civil de Ubatuba organizaram um treinamento para a população na última sexta-feira na sede da secretaria de Segurança Pública sobre como utilizar os nove pluviômetros semi-automáticos instalados no município.
O encontro contou com a presença de Uiara Silva, consultora da UNESCO e responsável pelo trabalho de instrução no Cemaden, de lideranças de comunidades locais e da equipe da Defesa Civil.
Os pluviômetros estão localizados nos seguintes bairros: Maranduba, Perequê-Mirim, Ipiranguinha, Horto, Pedreira, Fazenda, Ubatumirim, Centro e Corcovado.
“Quando começa a chover forte, o pessoal deve ficar de olho no aparelho. Se passar de 100 mm, entramos em Estado de Atenção e é preciso avisar a Defesa Civil. Se ultrapassar 120 mm, entramos em Estado de Alerta e a nossa equipe sai em direção às áreas de risco”, explicou Marcelo Ribeiro, da equipe operacional da Defesa Civil.
Ainda segundo Ribeiro, sua equipe estará presente nas comunidades nas próximas semanas para explicar diretamente aos moradores sobre como utilizar o pluviômetro.
Morador do Sertão do Perequê-Mirim, João Silvestre da Silva Filho é um tipo de guardião do bairro e participou da reunião. “O pluviômetro está instalado bem perto de casa e estou sempre de olho. Passou de 100 mm, ligo na hora para a Defesa Civil”, conta.
“O pluviômetro é um instrumento de mobilização e prevenção. Por isso, essas reuniões são tão importantes”, finaliza Uiara Silva.

Fórum marca processo de obtenção do Selo Caraguá Cidade Amiga do Idoso

DSC_2985

Representantes de órgãos públicos, entidades prestadoras de serviços, conselhos e associações comunitárias prestigiaram nesta sexta (28/3/2014) o Fórum Caraguá Cidade Amiga do Idoso. A reunião foi realizada no salão Monteiro Lobato, da secretaria de Educação, no Indaiá.
No encontro foram apresentados os critérios para que Caraguá obtenha o Selo Inicial do Programa Cidade Amiga do Idoso. A chefe de Gabinete, Eloíza Antunes de Oliveira, representou o prefeito Antonio Carlos e destacou a importância da presença de todos para se consolidar e implementar as políticas públicas do Governo Municipal. “Queremos que todos tenham a chance de envelhecer e envelhecer bem”, afirmou.
A secretária dos Direitos da Pessoa com Deficiência e do Idoso, Ivy Monteiro Malerba, disse que várias ações já foram implementadas, em Caraguá, desde que o Governo Municipal assinou o Termo de Adesão ao programa, em 30 de abril de 2013. “Já realizamos muito em dois anos de implantação da secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência e do idoso. Vamos continuar trabalhando para que Caraguá alcance o Selo Inicial, depois o Intermediário e, posteriormente, o Selo Pleno do Programa Cidade Amiga do Idoso”, disse.
Etapas – O primeiro passo será a realização de pesquisa, nos próximos meses, para identificar as prioridades e necessidades dos idosos. O levantamento será por meio de pesquisa qualitativa (não quantitativa), envolvendo 10 grupos de idosos com 6 a 15 participantes e 1 grupo de profissionais e técnicos que atuam diretamente com esta demanda, totalizando 11 encontros, em locais diferentes da cidade, entre abril e junho. O primeiro será dia 15 de abril, às 14 horas, na Associação dos Aposentados de Caraguá.
Após a consolidação dos dados da pesquisa, o resultado será apresentado em audiência pública, na Câmara Municipal e enviado à Secretaria Estadual de Assistência e Desenvolvimento Social (SEADS), responsável pela avaliação dos municípios paulistas que aderiram ao programa.
A partir desse levantamento serão adotadas medidas que proporcionem melhorias na qualidade de vida da população idosa no município e, consequentemente, obter o Selo Inicial Cidade Amiga do Idoso.
Programa Cidade Amiga do Idoso – O projeto mundial “Cidade Amiga do Idoso” foi desenvolvido pelo médico brasileiro Dr. Alexandre Kalache, especialista em Gerontologia, e pela canadense Dra. Louise Plouffe com a contribuição de vários profissionais de áreas distintas.
Entre setembro de 2006 e abril de 2007, foram ouvidos 1.485 idosos, a partir de 60 anos, das classes sociais baixa e média, em 33 cidades de países diferentes.
Nessa pesquisa, os idosos apontaram os aspectos positivos e os obstáculos da sua cidade, em relação a oito quesitos: prédios públicos e espaços abertos; transporte; moradia; participação social; respeito e inclusão social; participação cívica e emprego; comunicação e informação; e apoio comunitário e serviços de saúde.
A Organização Mundial de Saúde (OMS), elaborou um guia, a partir desse levantamento, disponibilizado para as cidades que queiram aderir ao programa.
Em termos práticos, uma cidade amiga do idoso adapta suas estruturas e serviços para que estes sejam acessíveis e promovam a inclusão de idosos com diferentes necessidades e graus de capacidade.
No Brasil, o estado de São Paulo foi o primeiro a abraçar esse programa. Mais de 500 municípios paulistas já aderiram a ele, inclusive Caraguá.

Boiçucanga em São Sebastião recebe reunião do Sistema Municipal de Cultura

Atuantes da cultura falam da participação popular no Conselho de Cultura em pauta da reunião

Atuantes da cultura falam da participação popular no Conselho de Cultura em pauta da reunião

Em reunião realizada nesta quarta-feira (26), em Boiçucanga, na Costa Sul de São Sebastião, ficou decidido que neste primeiro momento a principal ação do Sistema Municipal de Cultura, Conselho e Fundo de Cultura, será de divulgar em todo o município, para todos os ‘atores’ da cultura, como será organizado a seleção àqueles que desejam participar do Conselho de Cultura por meio da Sociedade Civil.
Para tanto, o grupo presente, formado pela secretária de Cultura e Turismo, Marianita Bueno, e diretora de Cultura, Vera Alonso, representantes do Poder Público, e pela sociedade civil, João Luís Alves de Oliveira, Jessyca Biazini, Henrique Cardim, Juvenal Marques Luiz Junior, Lígia Ferreira, Carmem Prado, Marcos Tozzi e Joilson Neres de Souza, criou um calendário de Encontros de Cultura, quando serão apresentados o SNIC  (Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais), do Ministério da Cultura, quando também haverá uma conversa com um representante deste Ministério, uma explanação sobre o Conselho e Fundo de Cultura e apresentação das regras para a eleição da composição da Sociedade Civil no Conselho de Cultura.
Ainda de acordo com a equipe, o primeiro encontro acontecerá às 10h, do dia 26 de abril, também em Boiçucanga; o segundo, às 19h do dia 7 de maio, no Observatório Ambiental do Complexo Turístico da Rua da Praia, no Centro Histórico da cidade, e o terceiro e último encontro,   no Centro Comunitário do Jaraguá, na Costa Norte, às 17h  do dia 17 de maio. A eleição e votação dos membros integrantes da Sociedade Civil para a formação do Conselho acontecerá em 24 de maio, no Observatório Ambiental. Todos os encontros terão duração de duas horas.
“Após tais eventos, será decretado pelo prefeito Ernane Primazzi, a composição do Conselho de Cultura, incluindo os membros natos e os que serão designados por outras secretarias e departamentos”, disse Marianita Bueno, acrescentando que todos os encontros de Cultura são abertos para membros natos, indicados das secretarias e todos os atores interessados em participar do Conselho de Cultura.

Ilhabela seleciona atletas para disputa do futebol sub-20 dos Jogos Regionais 2014

Ex-jogador do Santos e Portuguesa, Lello é o treinador da equipe ilhabelense que disputará os Jogos Regionais 2014

Ex-jogador do Santos e Portuguesa, Lello é o treinador da equipe ilhabelense que disputará os Jogos Regionais 2014

Os atletas nascidos até 1994 terão a oportunidade de representar Ilhabela na categoria futebol sub-20 dos Jogos Regionais 2014, em Caraguatatuba. A competição será realizada entre os dias 2 e 12 de julho. A Prefeitura de Ilhabela, por meio da Secretaria de Esportes, Lazer e Recreação, promoverá a seletiva para a escolha dos jogadores na próxima segunda-feira (31/3). Os interessados deverão comparecer ao Estádio Municipal, no Itaquanduba, a partir das 20h com material esportivo adequado para o treinamento (calção, meias e chuteira) e documento (RG).
Os dias e os horários dos treinamentos serão definidos após a escolha dos atletas.  A novidade este ano fica por conta da escolha do treinador da seleção de Ilhabela: Wellengton Carlos de Amorim, o Lello. O ex-atleta foi jogador profissional de futebol em equipes de grande porte nacional, como Portuguesa e Santos, além de Santo André e Juventus-SP (Mocca). Lello ainda teve uma breve passagem pelo futebol português.
De acordo com o novo treinador, o regulamento dos Jogos Regionais permite a inscrição de 25 atletas. Lello deve selecionar o mesmo número de jogadores para representar o arquipélago na disputa. Vale lembrar que a seletiva é aberta para atletas de outros municípios.

Parceria entre prefeitura de Ubatuba e Big Brothers Cirkus contempla 1300 crianças

Circo-Circo

Em homenagem ao Dia Internacional do Circo, comemorado no último dia 15 de março, a Prefeitura de Ubatuba levou 1300 crianças de bairros afastados do centro para uma apresentação especial do Big Brothers Cirkus, presente na Praça de Eventos da cidade.
A ação é fruto de um esforço conjunto entre as Secretarias Municipais de Educação, de Comunicação Social e de Turismo, com o apoio da empresa de ônibus União do Litoral e parceria do Big Brothers Cirkus.
Participaram do passeio, alunos das escolas municipais Honor Figueira, João Alexandre, Virgínia, José de Souza Simeão, Dinorah, José Belarmino e Mario Covas.
Crianças dos bairros do Ipiranguinha, Itamambuca, Félix, Casanga, Morro do Thiagão, Sesmarias, Puruba, Promirim, Maranduba, Ubatumirim e Estufa I, acompanhados de seus professores, assistiram de perto os malabaristas, os palhaços, o globo da morte, entre outras atrações circenses.
“O circo vive da alegria do espectador. Contribuir para que estas crianças tenham acesso ao show é uma realização pessoal e profissional”, afirma Alessandro Lestar, diretor do circo.
Segundo Gerson Campos, secretário de Turismo, a ação permitiu que crianças do município tivessem acesso gratuitamente à uma das atividades artísticas mais antigas do mundo e levou alegria para as comunidades.
“Além de ser um atrativo para turistas e visitantes, o circo também cumpriu uma função social e pedagógica em nossa cidade”, pontua o secretário.

Prefeitura de Ubatuba cria Comitê Anti-Drogas e adere ao programa Crack, é possível vencer

Índice

Coordenado pelo Gabinete do Prefeito e constituído pelas Secretarias Municipais de Segurança Pública, Saúde, Educação, Cidadania e Desenvolvimento Social e de Esportes e Lazer, comitê desenvolve ações integradas com o Conselho Municipal Anti-Drogas

O município de Ubatuba aderiu ao Crack é possível vencer – programa do Governo Federal que apresenta as diretrizes e estratégias propostas aos estados, municípios e organizações não governamentais para atuarem no enfrentamento ao crack, possibilitando aos gestores construir redes de atenção aos usuários de drogas de acordo com a dimensão, demanda e necessidade dos municípios e estados.
A Prefeitura de Ubatuba criou em 2013 um Comitê Gestor Municipal coordenado pelo Gabinete do Prefeito e constituído pelas Secretarias Municipais de Segurança Pública, Saúde, Educação, Cidadania e Desenvolvimento Social e de Esportes e Lazer. A parceria desenvolve ações integradas com o Conselho Municipal Anti-Drogas.
Neste sentido, foi estabelecida como meta pelo comitê a formulação de uma política municipal de enfrentamento ao crack e outras drogas, a constituição de uma rede municipal integrada e a apresentação de um plano municipal para o enfrentamento deste grande desafio.
Na próxima reunião, no início do mês de abril, o comitê discute o plano que será apresentado por cada uma das secretarias que compõem o programa Crack, é Possível Vencer e busca o alinhamento das ações. No encontro, o comitê dará início a construção das diretrizes do plano municipal.
A Secretaria de Cidadania e Desenvolvimento Social tem desenvolvido ações integradas com as demais secretarias junto a demanda de pessoas em situação de rua que em sua grande maioria é usuária de álcool e outras drogas, por meio da Casa Dia, que acolhe e encaminha estes usuários para serviços voltados a garantia de direitos e promoção da cidadania, tais como a orientação e retirada de documentos pessoais, apoio nos cuidados de higiene e limpeza pessoal, doação de roupas, investimentos na localização da família de origem, encaminhamentos a rede de atenção psicossocial – Caps, UBS, PSF, leitos hospitalares, comunidades terapêuticas e outros.
Os próximos passos serão a inserção das pessoas em situação de rua no Cadastro Único do Governo Federal para o recebimento do Bolsa Família e do Benefício de Prestação Continuada (BPC), no caso dos idosos e pessoas com deficiência. Também será promovido o desenvolvimento da autonomia por meio de projetos de inclusão produtiva.
Está prevista ainda a criação do Creas (Centro de Referencia Especializado de Assistência Social), em parceria com o Governo Federal, que desenvolverá ações junto à pessoas em situação de rua, por meio de equipe multiprofissional, além de atuar no atendimento e encaminhamento de famílias e indivíduos que vivenciam violações de direitos por ocorrência de violência física, psicológica e negligência, violência sexual, abuso e ou exploração sexual, tráfico humano, trabalho infantil, e outros.

Atendimentos
A Secretaria Municipal de Cidadania e Desenvolvimento Social divulgou recentemente o número de atendimentos na Casa Dia entre o dia 1 de janeiro e 14 de março deste ano.
No período, aconteceram 877 higienizações e foram oferecidas 714 refeições, 20 cidadãos foram encaminhados para a documentação, 26 para traslados – quando a pessoa retorna para a cidade de origem -, seis foram encaminhados para o CAPS, 16 encaminhados para vagas de emprego e sete encaminhados para a saúde.