Monthly Archives: agosto 2014

Fundacc realiza entrega de instrumentos à Camerata de Cordas de Caraguatatuba

A Camerata de Cordas de Caraguatatuba é formada por alunos
das oficinas culturais da Fundacc e do Projeto Guri

Da esquerda para direita – Na ocasião estavam presentes a Presidente da Fundacc, Zenaide de Souza Bicudo Vernizzi; o Maestro da Camerata de Cordas, Bartolomeu Vaz; o Diretor de Cultura da Fundacc, Adbailson Cuba; e o Diretor Financeiro, Jean Nissola

Da esquerda para direita – Na ocasião estavam presentes a Presidente da Fundacc, Zenaide de Souza Bicudo Vernizzi; o Maestro da Camerata de Cordas, Bartolomeu Vaz; o Diretor de Cultura da Fundacc, Adbailson Cuba; e o Diretor Financeiro, Jean Nissola

A Fundacc – Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba realizou na última terça-feira (19/8), no Centro Cultural do Sumaré, a entrega de diversos instrumentos, entre eles: violoncelos, violinos e violas de arco, à Camerata de Cordas de Caraguatatuba, regida pelo Maestro Bartolomeu Vaz e formada por alunos das oficinas culturais de cordas e do Projeto Guri. A fundação é mantedora do grupo e colabora com o fornecimento de instrumentos, oferece local e estrutura para ensaios e transporte dos músicos para eventos.
A Camerata de Cordas foi criada em 2011, conta com 15 integrantes e vem se apresentando nos principais eventos do município, como Festival do Camarão, projeto Ciclo Caraguá Instrumental, Cenário Musical, Natal pela Paz e Virada Cultural Paulista, entre outros. O grupo apresenta em seu repertório, programas de música erudita, popular brasileira e temas de filmes e musicais renomados, tornando-se assim, um grupo de referência na cidade e por onde passa desperta olhares atenciosos e aplausos calorosos do público.
A oficina de cordas da Fundação foi criada em 2010 e oferece aulas gratuitas de violino, viola de arco, violoncelo e contrabaixo acústico, instrumentos da família de cordas friccionadas, considerada a ‘espinha dorsal’ de uma orquestra sinfônica. Os alunos também participam de aulas de Teoria Musical, Solfejo, Apreciação e Percepção.
O principal objetivo da oficina é permitir o acesso à linguagem musical de forma simplificada e dar oportunidade de formação à jovens talentos do município e da região, desempenhando um importante papel social e cultural. Nos quatros anos de trabalho, a oficina atendeu mais de 150 alunos, entre crianças, jovens, adultos e idosos. Mais informações: (12) 3897.5661 ou www.fundacc.com.br.

Workshop gratuito de Gestão Cultural está com inscrições abertas em Ilhabela

A Prefeitura de Ilhabela está com inscrições abertas para o workshop gratuito: “Financiamento a Projetos Culturais – Incentivos, Políticas públicas e Outras Possibilidades” que será promovido nesta a partir das 14h desta terça-feira (2/9), na Biblioteca e Videoteca “Prefeita Nilce Signorini”, à Avenida Princesa Isabel, nº 2.626, na Barra Velha.
Sob a coordenação de Aluízio Marino, especialista em Gestão de Projetos Culturais e bacharel em Gestão de Políticas Públicas pela USP (Universidade de São Paulo), a atividade faz parte do programa “Caravanas da Gestão Cultural” promovida pela Oficina Cultural Altino Bondesan, de São José dos Campos, em parceria com a Secretaria da Cultura de Ilhabela e Fundaci (Fundação Arte e Cultura de Ilhabela). O workshop acontecerá em dois momentos: 14hs às 18hs, será promovida a “Clínica de Projetos Culturais” e das 18h30 às 21h30 será ministrada a palestra “Políticas Culturais Públicas”. Primeiramente, na clínica, os participantes poderão esclarecer dúvidas e compartilhar informações com membros da Incubadora de Projetos e Iniciativas Culturais a respeito de temas como editais e leis de incentivo, elaboração de projetos, planejamento e orçamento. Em seguida, a palestra apresentará uma análise crítica sobre o cenário contemporâneo de apoio a projetos.

Sobre Aluízio Mariano
Aluízio Mariano é mestrando em Gestão e Planejamento do Território na Universidade Federal do ABC, especialista em Gestão de Projetos Culturais pelo Centro de Estudos Latino-americano sobre Cultura e Comunicação e bacharel em Gestão de Políticas Públicas pela USP. Nos últimos 8 anos colaborou com uma série de políticas culturais no Estado de São Paulo, nos programas Fábricas de Cultura, Oficinas Culturais e Projeto Guri.

Incubadora de Projetos
A Incubadora de Projetos e Iniciativas Culturais (IPIC) é um modelo inovador constituído pelo CELACC, núcleo de pesquisa vinculado à Escola de Comunicação e Artes da USP que busca fortalecer, a partir de uma perspectiva de redes, a produção e coprodução cultural latino-americana.
Os interessados em participar devem solicitar a ficha de inscrição pelo e-mail cultura.fundaci@gmail.com, preencher e encaminhá-la ou se dirigir à sede da Fundaci, localizada na Rua Doutor Carvalho, nº 80, no Centro de Ilhabela, de segunda a sexta-feira, sempre das 9h às 17h. A vaga será garantida aos 30 primeiros inscritos.

Palestra sobre projeto “Visão Costeira” é ministrada para alunos de São Sebastião

Cerca de 40 alunos da EM Sebastiana Costa Bittencourt, situada em Barra do Una, na Costa Sul do município, participaram nesta quarta-feira, 27, de palestra ministrada pelo secretário de Meio Ambiente, Eduardo Hipólitodo Rego, sobre o projeto “Visão Costeira”.

A iniciativa é desenvolvida em parceria com a Secretaria de Educação na rede municipal de ensino e já envolveu aproximadamente 1.500 estudantes dos 8º e 9º anos do Ensino Fundamental.
Com a projeção de imagens em um telão, o secretário mostrou o que consiste a proposta, que tem vários objetivos. Um deles é percorrer o município via mar para observar vários ambientes: terrestre e marinho.
Durante o trajeto, os alunos devem constatar os processos de ocupação antrópica, desenvolvimento urbano e a atual condição ambiental do percurso. “Vocês moram em uma região especial, com áreas protegidas e um ecossistema importante. Conhecer melhor o lugar onde se vive é uma maneira de passar a ter consciência da importância da preservação e, assim, cuidar do meio ambiente”, acredita Hipólito.
Como em outras unidades escolares que já participaram a palestra sempre ocorre um dia antes da navegação, que só não acontece em caso de condições climáticas não adequadas.

Continuidade
O material coletado será comparado com os dados da Semam (Secretaria de Meio Ambiente), assim como catalogado e documentado. A ideia também é que o projeto tenha continuidade na escola, através de trabalhos ou outras atividades produzidas pelos alunos.
De acordo com o secretário, outra finalidade da iniciativa é construir um acerco sobre a cidade com tudo o que foi registrado pelos alunos e utilizá-lo, eventualmente, em pesquisa científica e/ou planejamento urbano.
O VisãoCosteira também já contou com a participação de aproximadamente 30 professores da rede municipal de ensino, os quais tiveram aula prática de Geografia. Os educadores lecionam as disciplinas de Geografia, História e Ciências. O curso de formação “Atlas Ambiental” foi realizado em quatro módulos.

Giro Sustentável Ubatuba Evento promove sustentabilidade no Centro de Convenções

Programação inclui oficinas, momento holístico, shows, jogos, gincana, debates on line, música, mostra de cinema, exposições, intervenções e muito mais

Pq-est.serra

O Giro Sustentável Ubatuba – A Capital da Mata Atlântica acontece no Centro de Convenções da cidade entre esta sexta-feira, dia 29 de agosto, e domingo, dia 31 de agosto.
O evento tem o objetivo de levar os conceitos da sustentabilidade de forma inspiradora e informativa à população, buscando ampliar o movimento através de uma rede cada vez maior de colaboradores, que tenham interesse em inscrever seus projetos de cunho sustentável, necessariamente vinculados ao tripé: ambiental-econômico-social. A programação do encontro inclui oficinas, momento holístico, shows, jogos, gincana, debates on line, música, mostra de cinema, exposições, intervenções e muito mais. O Giro Sustentável é um acontecimento com eventos simultâneos e se dá em parceria com a Virada Sustentável da capital paulista. Não há na programação projetos de conotação partidária, religiosa ou que estimulem qualquer forma de discriminação. Não serão aceitos projetos com intenção de cobrança de ingressos, já que toda programação é gratuita.

Feira de Troca com apoio da SMA
A Secretaria Municipal de Meio Ambiente convida a população para participar da Feira de Troca de Ubatuba, que este mês, excepcionalmente, será no domingo, 31 de agosto, das 15 às 18 horas, no Centro de Convenções. A Feira de Troca de Ubatuba acontece todo último domingo do mês e é um espaço para trocas de produtos, serviços e saberes, sem a utilização de dinheiro.
Na Feira, os expositores podem trocar, além de serviços, produtos dos mais variados: roupas, livros, CDs, utensílios domésticos, ferramentas, artesanato, plantas e alimentos. Para isso, basta levar uma canga ou esteira e expor os objetos.
A Feira é um movimento livre, sem fins lucrativos, organizado por um grupo de voluntários, com apoio da SMA e tem o objetivo de incentivar a economia solidária, fortalecer os laços comunitários, incentivar os talentos locais e promover ações de sustentabilidade. Mais informações sobre a feira estão disponíveis no grupo Feira de Troca de Ubatuba e na página Feira de Troca Solidária de Ubatuba, ambos no Facebook. Participe levando seu conhecimento e produtos, divulgando seu trabalho e estabelecendo novos laços de amizade.

Colucci anuncia inicio da operação do novo bolsão de embarque da travessia para 1º de setembro

O prefeito de Ilhabela, Toninho Colucci, se reuniu com comerciantes na manhã desta quarta-feira (27/8) na auditório da biblioteca da Barra Velha, para falar sobre o início da operação do novo bolsão de embarque da travessia

O prefeito de Ilhabela, Toninho Colucci, se reuniu com comerciantes na manhã desta quarta-feira (27/8) na auditório da biblioteca da Barra Velha, para falar sobre o início da operação do novo bolsão de embarque da travessia

O prefeito de Ilhabela, Toninho Colucci, se reuniu na manhã desta quarta-feira (27/8) com os comerciantes da Avenida Princesa Isabel, especialmente do trecho localizado entre a saída da balsa e o novo Fórum, na Barra Velha. O encontro ocorreu na Biblioteca Municipal “Prefeita Nilce Signorini” e teve como tema a reurbanização da entrada da cidade e o início da operação do novo bolsão de embarque da travessia, localizado na Avenida Tiradentes.
O prefeito aproveitou a oportunidade e falou também sobre outros assuntos, como a construção do Teatro Municipal e Centro de Convenções; e a implantação do sistema de transporte aquático, do Perequê até a Vila. A reunião contou com a presença do chefe de Gabinete, Luizinho Faria, e dos secretários municipais: Luiz Biondi (Administração), Sidney Apocalipse (Assuntos Jurídicos), Lídia Sarmento (Educação), Nuno Gallo (Cultura), Flávio César (Esporte), Valdir Veríssimo (Serviços Municipais), Danilo Giamondo (Assistência Social) e Daniel Vilela (Meio Ambiente).
A Câmara de Ilhabela foi representada pela presidente Maria das Graças Ferreira dos Santos Souza – Gracinha, o vice-presidente Adilton Ribeiro, e os vereadores Dr. Thiago Souza Santos, Luizinho Paladino, Dra. Rita Janete de Oliveira Gomes, Carlos Alberto de Oliveira Pinto – Carlinhos e Nagib Pereira dos Santos. “A obra trará um avanço para a nossa cidade. É um investimento alto e beneficiará pedestres, ciclistas e motoristas que transitam pelo trecho. Há anos Ilhabela tem um aumento significativo no número de veículos que visitam ou permanecem na cidade. Precisávamos agir. Até o dia 1º de setembro o novo bolsão já estará em funcionamento”, explica o prefeito de Ilhabela, Toninho Colucci.
Entre os comerciantes que marcaram presença na reunião, José Orlando Alves, de 31 anos, gostou das modificações. “A obra é excelente. Facilitará o trabalho dos comerciantes e fluidez do trânsito, principalmente, na temporada. O prefeito Toninho Colucci está de parabéns”, disse Orlando.
Durante a reunião, o prefeito Toninho Colucci ainda mostrou o projeto da nova praça que irá substituir a rotatória da Barra Velha e que ganhará uma obra de arte alusiva ao título de Capital Nacional da Vela do município.

Reurbanização
A Prefeitura de Ilhabela, por meio da Secretaria de Obras, continua o trabalho intensivo na obra de reurbanização da entrada da cidade, a 6ª Fase da Avenida Princesa Isabel. Com a pavimentação e alargamento da Avenida Tiradentes, novas cabines de cobrança da Taxa de Preservação Ambiental de Ilhabela (TPA) já foram instaladas no novo local.
Funcionários da empresa contratada pela Prefeitura trabalham na pavimentação asfáltica da rua Caminho do Perequê (rua do posto Petro Oil), que será o principal acesso ao novo bolsão de embarque da travessia. Esta rua foi alargada e também ganhou calçadas. Com o alargamento, a Avenida Tiradentes passará a ter cinco faixas para o bolsão de embarque da travessia de balsa e mais uma faixa de trânsito local. O investimento na obra de reurbanização de R$ 7,8 milhões.
Além das melhorias viárias, a 6ª fase da obra ainda contempla o prolongamento da ciclovia no trecho da Avenida Tiradentes, calçadas, faixas elevadas para travessia de pedestre, jardins, o novo ponto de ônibus e o novo ponto de táxi.

Teatro Municipal
O prefeito de Ilhabela, Toninho Colucci, aproveitou a ocasião e também falou sobre importantes assuntos da cidade. Um deles é a obra de construção do Centro de Convenções e Tetro Municipal. “Existem pessoas que não gostam de Ilhabela e querem ver o mal da cidade. Elas concentram energia para atuar contra o desenvolvimento do município. Mas continuamos o nosso trabalho e vamos entregar a obra em junho de 2015”, prometeu Colucci.

Transporte aquático
Outra novidade apresentada na reunião pelo prefeito Toninho Colucci foi a implantação de um sistema de transporte aquático em Ilhabela. Colucci visita a cidade de Florianópolis (SC) nesta quinta-feira (28/8) para acertar os detalhes da aquisição de três embarcações. “Os aquaônibus transitarão pelos píeres da região norte da nossa cidade. Mais um excelente novidade para o nosso arquipélago”, destacou o prefeito.

‘Crônica do Punk’ voltará a ser encenada no Teatro Municipal de São Sebastião

Comédia narra os problemas causados pelo vício e consumo excessivo na sociedade contemporânea

Crônicas do Punk 04 - Luciano Vieira PMSS Crônicas do Punk 01 - Luciano Vieira PMSS

De volta ao cartaz, a peça ‘Crônica do Punk’ garantirá, mais uma vez, muita diversão para quem for ao Teatro Municipal de São Sebastião na noite desta quinta-feira (28).
Encenado outras três vezes no decorrer do mês, o espetáculo narra a história de um estudante que conhece um traficante de músicas e a partir daí começa uma cômica jornada ao ‘mundo das drogas musicais’. O texto é uma adaptação do protagonista, Caio Rocha, em cima da obra ‘Diga Não as Drogas’ do autor Luís Fernando Veríssimo. Sob direção de Márcia de Siene, a obra discorre sobre vícios e consumo na sociedade contemporânea. “Apesar da irreverência, o assunto é tratado de forma séria levando o público a refletir sobre o assunto”, disse. “Trata-se de um tema bem atual e que merece atenção e discussões amplas”, observou a diretora sobre o espetáculo criado em 2004.

Sucesso
A apresentação mais recente da peça foi no último dia 20, para os alunos das escolas municipais José Machado Rosa e Topolândia, por meio de parceria entre Sectur (Secretaria de Cultura e Turismo) e Seduc (Secretaria de Educação).
Também foram convidados a prestigiar o espetáculo, neste mesmo dia, os pacientes do (Centro de Apoio Psico Social) e os alunos da Apae (Associação dos Pais e Alunos de Excepcionais) e da Guarda Mirim Municipal. Na ocasião, Caio Rocha, afirmou ter ficado satisfeito com a plateia cheia de estudantes. “Nós tratamos um assunto que faz parte da realidade deles, e eles perceberam isso, foi um público participativo e ao final no bate-papo, percebi que captaram o foco central da obra”, comentou.

Prêmios
A peça, encenada outras vezes no Teatro Municipal, já ganhou prêmios como de Melhor Ator e Peça para Caio Rocha no Festival Estadual de Teatro, na Mostra de Talentos Paulo Autran filmado pela TV Cultura em São Paulo, e no Festival Estudantil da Fundacc (Fundação Cultural de Caraguatatuba) representando a Delegacia de Ensino de Caraguá. A ‘Crônica do Punk’, do grupo “Senta a Pua”, ainda tem no elenco, os atores Marcelo Fortes, Mariana Barreto e Carol Bruzos.
Serviço: Os ingressos custam R$ 5,00 e R$ 10,00 e a classificação é livre.

Escolas municipais de Caraguá debatem prevenção às deficiências

DSC_9290

O ciclo de palestras sobre prevenção às deficiências da EMEF Prof ª Maria Thereza de Souza, no bairro Jetuba, encerrou ontem (26/8/2014), à noite, com a presença de alunos pais e funcionários. Na segunda (25) também houve palestras na parte da manhã e tarde, voltadas para alunos do Fundamental 1 e 2.
Essa ação está ocorrendo em todas as unidades escolares municipais e faz parte da programação da 2ª Semana de Prevenção às Deficiências de Caraguatatuba promovida pela secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência e do Idoso. As palestras são ministradas por psicólogos, terapeutas ocupacionais, fisioterapeutas, fonoaudiólogos e professores das salas de recursos, que trabalham na rede municipal.
A terapeuta ocupacional, Aline Viana Silva, abordou em sua palestra: importância do pré-natal para evitar problemas na gestação e evitar deficiências para o bebê; acidentes no trânsito, consequências e sequelas; importância das vacinas, durante a primeira infância; uso de cerol na linha de pipa; mergulhos em águas desconhecidas, entre outras situações que podem causar lesões irreversíveis.
A cozinheira Rute Maria Gaspar, moradora do Jetuba, disse que ficou sem energia elétrica durante um dia inteiro porque uma linha de cerol havia cortado o fio condutor para sua residência. “Meu genro estava dirigindo a moto com minha filha na garupa e foi cortado no pescoço por uma linha com cerol. Eles caíram e o acidente só não foi grave porque a linha foi retirada antes que o corte ficasse profundo”, afirmou Rute.
Os irmãos Rafael Soares, 22 anos, e Henrique Kauê, 15 anos, ficaram impressionados sobre as consequências de acidente com moto. “Vou ficar mais atento com os equipamentos de segurança e com a velocidade”, afirmou Rafael. “Como ando na garupa, também vou tomar conta do meu irmão”, disse Henrique. As escolas Pedro João de Oliveira (Tabatinga), Prof. Oswaldo Ferreira (Casa Branca), Profª Adolfina Leonor Soares dos Santos (Sumaré), Profª Antônia Ribeiro da Silva (Jardim Califórnia), Prof. Antônio de Freitas Avelar (Estrela D’Alva), Profª Aída de Almeida Castro Grazioli (Rio do Ouro), Prof. Alaor Xavier Junqueira (Travessão); Prof. Lúcio Jacinto dos Santos (Tinga), Prof. Ricardo Luques Samarco Serra (Praia das Palmeiras), EMEF Prof. Luiz Silvar do Prado (Casa Branca/CIDE Norte), entre outras também já promoveram palestras para os alunos.

Alunos fazem homenagem à escritora com apresentação teatral em São Sebastião

Druzila1_Divulgação_PMSS

Escolas da rede de ensino de São Sebastião estão realizando esta semana o “Dia da Leitura”. O evento faz parte do programa que visa incentivar a prática da leitura da Secretaria de Educação, “Ler para Aprender”.
Estudantes da EM Boraceia, Costa Sul, realizaram uma apresentação teatral sobre o livro “O segredo de Druzilla, a encantadora de siris”, além de apresentações de danças da cultura regional como catira e dança de pau de fita.
O evento serviu também para que equipe gestora da unidade escolar pudesse distribuir os livros “O segredo de Druzilla, a encantadora de siris” para os alunos do terceiro ano, do ensino fundamental I. Na ocasião, a escritora, Isabel Galvaneze, realizou uma tarde de autógrafos para os estudantes.

Projeto Futurágua certifica estudantes como agentes multiplicadores mirins

Sabesp1_BeatrizRego_PMSS

Alunos da escola municipal Walfrido Maciel Monteiro, do Morro do Abrigo, região Central de São Sebastião, participaram de uma visita monitorada à Estação de Tratamento de água (ETA) da Sabesp, no Porto Novo, na terça-feira (26).
A visita faz parte da parceria entre a Secretaria de Educação, do Programa de Educação Ambiental, e a Sabesp no projeto “Futurágua”. O programa tem como meta principal formar cidadãos acerca do consumo consciente e ordenado da água. Ele capacita e certifica os estudantes como “Agentes Multiplicadores”.
Antes da visita à ETA, o projeto realizou três encontros com os alunos, dentro de sala de aula, e apresentou os diversos temas que fazem parte do processo de distribuição de água tratada, desde sua captação até o momento em que ela chega a todas as residências.
Em setembro, a visitação vai acontecer na ETA de Maresias e será a vez da EM Maria Virginia Silva, de Barra do Una, na Costa Sul. Já em outubro a EM Nair Ribeiro, de Juquehy, também irá participar da visita monitorada.
Neste último encontro, foi realizada a formatura de 72 multiplicadores mirins e a escola também recebeu um certificado de “Parceira da Sabesp no Projeto Futurágua”.
O professor de Educação Física, Leonardo Scarpa Zanzini, que acompanhou o grupo de estudantes, reforçou que o projeto é muito importante, pois desperta nos alunos um senso de responsabilidade e participação. “O consumo moderado e consciente de água é fundamental, sobretudo neste momento em que o país enfrenta um período de secas. Gerar esta consciência nas crianças está sendo essencial para contribuirmos com o futuro do meio ambiente”, declarou.
A estudante Giovana Carvalho, 10, disse ter ficado surpresa e não imaginava que a estação de tratamento fosse tão grande e importante. “Agora eu sei o caminho que a água faz até chegar às torneiras de nossas casas e principalmente que devemos usá-la com responsabilidade”.
Felipe de Oliveira de Lorena, 11, afirmou ter aprendido muitas coisas com o projeto Futurágua. “Saber como o tratamento é realizado foi muito interessante. Por mais que a água possa parecer limpa nos rios, se ela não passar pela estação de tratamento não está própria para o consumo. Precisamos ter cuidado”, completou o estudante.

Fundacc realiza entrega de instrumentos à Camerata de Cordas de Caraguatatuba

A Camerata de Cordas de Caraguatatuba é formada por alunos
das oficinas culturais da Fundacc e do Projeto Guri

Da esquerda para direita – Na ocasião estavam presentes a Presidente da Fundacc, Zenaide de Souza Bicudo Vernizzi; o Maestro da Camerata de Cordas, Bartolomeu Vaz; o Diretor de Cultura da Fundacc, Adbailson Cuba; e o Diretor Financeiro, Jean Nissola

Da esquerda para direita – Na ocasião estavam presentes a Presidente da Fundacc, Zenaide de Souza Bicudo Vernizzi; o Maestro da Camerata de Cordas, Bartolomeu Vaz; o Diretor de Cultura da Fundacc, Adbailson Cuba; e o Diretor Financeiro, Jean Nissola

A Fundacc – Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba realizou na última terça-feira (19/8), no Centro Cultural do Sumaré, a entrega de diversos instrumentos, entre eles: violoncelos, violinos e violas de arco, à Camerata de Cordas de Caraguatatuba, regida pelo Maestro Bartolomeu Vaz e formada por alunos das oficinas culturais de cordas e do Projeto Guri. A fundação é mantedora do grupo e colabora com o fornecimento de instrumentos, oferece local e estrutura para ensaios e transporte dos músicos para eventos.
A Camerata de Cordas foi criada em 2011, conta com 15 integrantes e vem se apresentando nos principais eventos do município, como Festival do Camarão, projeto Ciclo Caraguá Instrumental, Cenário Musical, Natal pela Paz e Virada Cultural Paulista, entre outros. O grupo apresenta em seu repertório, programas de música erudita, popular brasileira e temas de filmes e musicais renomados, tornando-se assim, um grupo de referência na cidade e por onde passa desperta olhares atenciosos e aplausos calorosos do público.
A oficina de cordas da Fundação foi criada em 2010 e oferece aulas gratuitas de violino, viola de arco, violoncelo e contrabaixo acústico, instrumentos da família de cordas friccionadas, considerada a ‘espinha dorsal’ de uma orquestra sinfônica. Os alunos também participam de aulas de Teoria Musical, Solfejo, Apreciação e Percepção.
O principal objetivo da oficina é permitir o acesso à linguagem musical de forma simplificada e dar oportunidade de formação à jovens talentos do município e da região, desempenhando um importante papel social e cultural. Nos quatros anos de trabalho, a oficina atendeu mais de 150 alunos, entre crianças, jovens, adultos e idosos. Mais informações: (12) 3897.5661 ou www.fundacc.com.br.