Monthly Archives: setembro 2016

Prefeitura entrega outras três unidades de saúde na Costa Sul nesta sexta-feira (30)

USF’s beneficiarão os bairros de Cambury, Boiçucanga e Juquehy

esf-i-juquehy

Três novas USF’s (Unidades Saúde da Família) serão entregues pela Prefeitura de São Sebastião para as comunidades da Costa Sul do município nesta sexta-feira (30).
A primeira delas será entregue às 12h, aos moradores de Juquehy, onde o antigo prédio (próprio), situado na praça Simeão Faustino teve seus espaços redimensionados para melhorar o atendimento dos usuários e as condições de trabalho dos funcionários.
Várias intervenções ocorreram no prédio como: troca de piso e azulejos, pintura interna e externa, adaptações de ambientes, reparos elétricos e hidráulicos, recuperação do telhado, entre outras ações.
Com aproximadamente três mil pacientes cadastrados, o atendimento na ESF I será realizado por uma equipe composta de médico, dentista e profissional de enfermagem, além de auxiliar de saúde bucal, auxiliares de enfermagem, auxiliar administrativo, recepcionista, auxiliar de limpeza e agentes comunitários de saúde.
A unidade possui uma sala de procedimentos, uma sala para aplicação de vacinas, uma sala para inalação, uma sala destinada à triagem, dois consultórios médicos, um consultório odontológico, uma recepção, um espaço para os agentes comunitários e uma copa. Todos os equipamentos e mobílias do local serão, em sua maioria, novos.
Há pouco mais de um ano, os pacientes cadastrados na ESF I estão sendo atendidos na ESF – II, localizado na rodovia Rio-Santos, número 800 (altura do km 178), quase em frente à comunidade do Morro do Esquimó.

Cambury
De acordo com a Fundação Pública de Saúde de São Sebastião, a unidade de Cambury funcionará logo no início da rua Bandeirante, localizada na Zeis (Zona de Especial Interesse Social) Areião, no bairro Cambury, Costa Sul do município. A previsão de entrega com todas as adequações necessárias é para as 14h. A nova locação visa melhorar e adequar os serviços prestados aos usuários, cujo número de cadastros está em fase de finalização. A população estimada no bairro é de aproximadamente seis mil habitantes. O prédio terá quatro consultórios, duas salas de triagem, um consultório odontológico com capacidade para duas equipes, uma sala de vacina, uma sala de procedimentos, uma sala de inalação, uma sala destinada aos agentes comunitários, uma sala administrativa e uma para reuniões.
A unidade também contará com uma farmácia, uma copa, dois banheiros exclusivo para os funcionários, dois banheiros destinados aos usuários e mais um com acessibilidade.
O atendimento dos pacientes será realizado pelos seguintes profissionais: médico, enfermeiro, dentista, auxiliares de enfermagem, saúde bucal e administrativo, recepcionista, agentes comunitários e auxiliar de serviços gerais. O horário de funcionamento será das 7h às 17h, de segunda até sexta-feira.

Boiçucanga
Já em Boiçucanga, a unidade própria, construída em parceria com o Ministério da Saúde, por meio do Programa Requalifica USF, fica à rua Tropicanga, na imediações do centro de saúde do bairro e ao lado do ginásio de esportes. A unidade será entregue às 17h.
O atendimento ocorrerá com duas equipes de Saúde da Família já existentes, designadas como USF Boiçucanga I e USF Boiçucanga II.
No prédio há cinco consultórios, duas salas de triagem, uma sala de vacina, uma sala de procedimentos, uma sala de inalação, um consultório odontológico, uma sala destinada aos agentes comunitários e para reuniões, uma recepção, além de dois banheiros acessíveis para usuários e dois para os funcionários, uma copa, uma área de serviços e um local para saneamento (expurgo).
O número atual de usuários cadastrados gira em torno de 2.900 na USF I e de 2.750 na USF II. Entretanto, a quantidade deve ser alterada após novo cadastramento que está em execução.
A unidade também funcionária das 7h às 17h, de segunda a sexta-feira, com os seguintes profissionais: médicos, enfermeiros, dentistas, auxiliares de enfermagem, auxiliares de saúde bucal, auxiliares administrativos, recepcionistas, agentes comunitários de saúde e auxiliares de serviços gerais.

6ª FLIC é sucesso de público nas escolas e no Serramar

Mostra de Robótica é destaque com a construção de uma cadeira de rodas inteligente e um robô sensor para pessoas com deficiência visual

O resultado do trabalho pedagógico realizado desde a Educação Infantil até o Fundamental 2, sobre o escritor paulista, Pedro Bandeira, pôde ser conferido no sábado(24) dentro da 6ª Feira Literária de Caraguatatuba (FLIC). Pais e familiares conferiram de perto as várias atividades nas unidades escolares.
Livros do autor como O Dinossauro Que Fazia Au-au, É Proibido Miar, O Fantástico Mistério de Feiurinha, O Pássaro de Mil Cores, Uma Idéia Solta no Ar, entre outros, viraram encenações teatrais e musicais, jogral e também desenhos, painéis e inspiração para trabalhos com material reciclável nas escolas.
A Auxiliar de Desenvolvimento Infantil (ADI), Mayra Palmares Martim de Brito, participou pela quarta vez como educadora e mãe. Mayra trabalha há quatro anos no CEI/EMEI Profª Thereza Yanesse Schmidt e prestigia as produções dos filhos Felipe, 6 anos, Tiago, 9 anos, Matheus, 13 anos, Isís 14 anos, que estudam na EMEF Profª Maria Aparecida Ujio.
“A FLIC é um dos melhores eventos oferecido pela Prefeitura de Caraguá. É muito marcante na vida das crianças. Até hoje alunos que saíram do CEI se lembram das minhas apresentações, fantasiada de casa, de lobo, entre outras. Esse projeto enriquece o vocabulário, estimula a leitura, apresenta vários escritores e abre um universo de fantasias”, avaliou Mayra. Já Helen Faria, mãe da aluna Gabriela Faria, 9 anos, da EMEI/EMEF Profª Adolfina Leonor Soares dos Santos, disse que a filha estava ansiosa para se apresentar como pássaro na peça. “Vale muito à pena estar presente neste evento, pois motiva os filhos para a vida social e a leitura. A Flic 2016 esta linda”, ressaltou. A professora da Educação Infantil, Marcela Faria do Prado, acredita que a Feira é uma oportunidade de oferecer aos alunos o acesso a vários livros como também a leitura e ao teatro.
“A escola oferece livros que muitos não teriam acesso em casa. Isso é fundamental para o desenvolvimento dessas crianças. Elas vivem com alegria e intensidade o momento de interpretarem um personagem. Levam esse entusiasmo para casa e contagiam as famílias. É muito gratificante presenciar o resultado desse trabalho”.

Literatura e Robótica
Dentro da programação da 6ª FLIC foi realizada a Oficina de Robótica com o tema acessibilidade, no Serramar Shopping. Alunos das 11 unidades escolares de Fundamental 2, que participam do projeto Robótica, apresentaram protótipos construídos especialmente para a Feira. A maioria optou por construir uma cadeira de rodas inteligente, ou seja, que evita ou é capaz de superar obstáculos e assim proporcionar maior segurança para as pessoas cadeirantes.
A equipe do setor de Informática da secretaria de Educação idealizou um robô sensor para pessoas com deficiência visual. A pequena máquina pode ser carregada dentro do bolso e avisa por meio de um sensor ultrasônico, que apita, quando a pessoa se afasta da linha guia ou chega muito próximo a ela. O prefeito Antonio Carlos visitou a Mostra de Robótica e ficou entusiasmado com o que presenciou. “Uma das nossas prioridades no Governo Municipal é a Educação. Esse projeto de Robótica une duas coisas fundamentais no mundo de hoje – a tecnologia e a Matemática. Tenho certeza que todo esse aprendizado fará a diferença na vida de vocês e na vida de Caraguá, no futuro. Agradeço a todos os professores e aos alunos pelo empenho e por essa Feira maravilhosa”, declarou o prefeito. A secretária de Educação, Marta Regina de Oliveira Braz, também ressaltou a dedicação das equipes gestoras, professores, ADIs e alunos pelo primor das produções nas unidades escolares e no shopping.
“Temos muito trabalho pela frente e sempre pensando no sucesso do aluno. Porque quando ele está feliz, quando ele está empolgado, quando ele está motivado, o aprendizado se concretiza”, afirmou a secretária.

Liga das Entidades Carnavalescas de Ilhabela terá área para guardar adereços e carros alegóricos

Membros da Liga das Entidades Carnavalescas de Ilhabela (Leci) conheceram, na tarde desta terça-feira (27/9), o espaço que servirá de alojamento para adereços e carros alegóricos de todas as agremiações do arquipélago. Trata-se de um terreno que foi desapropriado para realização da obra da pré-estação de tratamento de esgoto, em parceria com a Sabesp, no bairro Itaquanduba.
Enquanto as intervenções não começam, o local ficará à disposição das Escolas de Samba de Ilhabela. Em uma região próxima à Vila, local do desfile, a locomoção de carros alegóricos e adereços carnavalescos será facilitada.
A presidente interina da Leci, Edmara Gonçalves, e o diretor de patrimônio da liga, Marcos Moreno, marcaram presença. Além deles, também estiveram presentes o presidente do Grêmio Cultural Escola de Samba “Água na Boca”, Fábio Petarnella; o vice-presidente da “Água na Boca”, Cleuber Pacheco; o presidente do Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba “Mocidade Sul da Ilha”, David Soares; e o presidente do Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba “Mocidade Independente de Ilhabela”, Ronaldo Mariano.

Inscrições da prova natatória Píer a Píer foram prorrogadas até o dia 5 de outubro

As inscrições para a 7ª Prova Píer a Píer de natação foram prorrogadas até o dia 5 de outubro e devem ser feitas somente pelo email inscricao.esportes@ilhabela.sp.gov.br, contento os seguintes dados: nome completo e data de nascimento, número do RG, nome da equipe ou academia que representa. O atleta deve escolher a distância que vai percorrer, tendo duas opções 1km ou 3km.
A prova seria realizada no dia 24/9, mas foi adiada devido à previsão de fortes ventos e ondulações bem acima do limite de segurança e foi remarcada para o dia 8 de outubro (sábado) na Praia Grande no sul da ilha com concentração às 7h. Os horários para as competições permanecem inalterados: 8h para a prova de 1km e 8h30 para a de 3km. O percurso será definido no próprio dia, onde serão avaliadas novamente as condições da maré.

Municipal de São Sebastião recebe Nuno Leal Maia com “O abajur lilás”

Cartaz CCP_2016-03.indd

O Teatro Municipal de São Sebastião celebra nesta quarta-feira (28), seu 15º aniversário com a apresentação do ator Nuno Leal Maia em seu espetáculo “O Abajur Lilás”, que circula pelo Estado de São Paulo pelo projeto Circuito Cultural Paulista – CCP, da Secretaria da Cultura do Estado.
Paralelamente às apresentações da peça, o diretor Tanah Corrêa traz uma oficina para os atores das cidades. Deste modo, os trabalhos acontecerão das 14h às 16h40 na Secretaria de Cultura e Turismo (Sectur).
Para a peça, com texto de Plínio Marcos, o diretor escolheu um elenco santista como o renomado autor para homenageá-lo com sua obra mais censurada. Foram seis anos até que a obra, escrita em 1969, fosse liberada. No palco, Nuno Leal Maia vive o homossexual Giro, que explora as prostitutas Dilma, Célia e Leninha, interpretadas pelas atrizes Orleyd Faya, Rosane Paulo e Monica Camilo, respectivamente. Renato Fernandes é o guarda-costas de Giro, Osvaldo.
Durante a turnê, Nuno Leal Maia relatou que o espetáculo é resultado de um trabalho conjunto e a reação do público tem sido muito positiva. Segundo o ator, a preparação para viver o cafetão foi longa. “Este trabalho é um presente do Tanah e teve um desenvolvimento imprescindível junto com o elenco. Fomos construindo a partir do texto do Plínio, levando em consideração a época em que foi escrita e qual era a finalidade do autor. Fomos nos entrosando com a ambiência, com o cenário o figurino e a própria direção”, relatou.
“O espetáculo é o todo que chega ao público e a reação tem sido bem bacana. Foi construída com muito amor, carinho e vontade. O próprio Tanah sempre dirige com muita dedicação os textos do Plínio e isso é muito legal. Afinal, a gente faz o espetáculo para mostrar a obra desse grande artista brasileiro”, destacou Nuno.
Este é a segunda vez em que Nuno faz um texto de Plínio Marcos. O primeiro foi A Dança Final. “É um autor bastante denso e que passa bastante informação para construção da personagem. Um autor clássico e muito importante no cenário brasileiro. Ele nos passa muitas referências históricas de como era o submundo daquela época. Hoje ele ficaria maluco. O mundo só piora”, concluiu.

Oficina
O workshop “A Dramaturgia de Plínio Marcos – Concepção de Direção”, orientado pelo diretor, é uma atividade que terá três momentos: introdução sobre a importância de Plínio Marcos no teatro brasileiro; leitura da peça “Quando as Máquinas Param” e exercícios práticos de encenação do texto; e apresentação das cenas desenvolvidas no processo.
Os participantes receberão ingressos para assistir a “O Abajur Lilás”, com participação do ator Nuno Leal Maia, que será apresentado após o workshop, à noite. Essa oficina conta com a parceria da Associação Paulista dos Amigos da Arte – APAA e é indicada para integrantes de grupos teatrais da região com idade a partir de 16 anos, com um limite de 30 vagas.
Tanah Correa é formado em Artes Cênicas pela Unilus São Paulo. Desde 1977 atua no cinema, no teatro e na televisão. Destaque para os trabalhos como ator em “Santo Inquérito”, direção de Flavio Rangel, “Barrela” e “Jesus Homem”, direções de Plínio Marcos e o filme “O Invasor”, do diretor Beto Brant; e como diretor das montagens “Os Saltimbancos”, “Viveiro de Pássaros”, “O Sonho de Alice” e as encenações “A Fundação da Vila de São Vicente”, “Caminhos da Independência” e “José Bonifácio O Patriarca da Independência”. Foi curador, juntamente com J.C. Serroni, da exposição “Plínio Marcos, Um Grito de Liberdade” e dirigiu “Abajur Lilás”, com participação do ator Nuno Leal Maia. Serviço: O espetáculo “O Abajur Lilás” tem início às 20h; os ingressos podem ser trocados no Teatro Municipal por dois litros de leite (embalagem de caixinha). A classificação etária é de 16 anos.

Audiências públicas sobre orçamento e prestação de contas acontecem hoje e amanhã em Ubatuba

Duas audiências públicas acontecem nesta semana. A primeira se realiza hoje, quarta-feira, 28 de setembro, na Câmara Municipal (rua Thomaz Galhardo, 64 – Centro), a partir das 17 horas, e se refere à prestação de contas do segundo quadrimestre de 2016, que inclui as receitas e despesas do período entre janeiro e agosto. Hoje também será apresentada a proposta e previsão orçamentária para 2017.
A segunda prestação de contas é específica da Secretaria Municipal de Saúde e acontece amanhã, quinta-feira, 28, às 17h30, também na Câmara Municipal. Nessa audiência, serão apresentadas as receitas e despesas da pasta realizadas no período entre janeiro e agosto de 2016.
Ambas as atividades são abertas a toda a população. As audiências públicas são momentos fundamentais para que a população esclareça suas dúvidas sobre a origem e a aplicação dos recursos arrecadados pelo município. Sua realização atende à Lei Complementar n° 101/2000 – conhecida como Lei de Responsabilidade Fiscal.

Cisne Negro apresenta dança sobre David Bowie em frente ao mar de Ilhabela

A 19° edição do Dança e Movimento entra na reta final e conta com a apresentação da consagrada Cisne Negro Cia de Danças, neste sábado (1°/10) em frente ao mar de Ilhabela. Sob a direção artística de Hulda Bittencourt e Dany Bittencourt, o grupo volta ao arquipélago em 2016 com dois trabalhos. O espetáculo Ziggy é um mergulho na obra de David Bowie e traça contornos de dança na obra musical do artista, que morreu em janeiro deste ano. O segundo trabalho se chama Abacadá e é um misto de improvisação entre música e dança, com uma nova ótica sobre a ação musical do bailarino em cena.
Ainda neste final de semana, a Raça Cia. de Dança, de São Paulo, faz sua estreia em Ilhabela e sobe ao palco na sexta-feira (30/9). A companhia traz as coreografias “A Flor da Pele” e “Cartas Brasileiras”, também na Vila, Centro Histórico de Ilhabela.
Desde o dia 15 de setembro até 9 de outubro, o 19° Dança e Movimento conta com 15 apresentações gratuitas nas ruas, teatro e praias da cidade. Em 2016, a grande inovação é a presença de artistas nas comunidades tradicionais do arquipélago. Nos dias 4 e 6 de outubro, a palhaça Carmela leva o showMagavilha para as praias do Bonete e de Castelhanos. O espetáculo itinerante traz uma história contada sem palavras, mas com a participação ativa da plateia na construção do espetáculo.
Ziggy
O espetáculo Ziggy é baseado na arte de David Bowie e retrata sua trajetória, que influenciou toda uma geração. Sua diversidade de aptidões artísticas seja como músico, ator, cantor, compositor, instrumentista e produtor permite performances cênicas inusitadas no palco. A obra traz também elementos da influência de Bowie na música negra, os diversos personagens que adotou ao longo de sua carreira e sua espontaneidade calculada, que elevou sua imagem e ideologias à categoria de arte.

Mais programação
Com diferentes estilos da dança indiana, que mesclam o rigor e a tradição clássica numa roupagem contemporânea, Sonia Galvão e grupo apresentam “Mangalam”, no dia 7 de outubro. Já no dia 8, o Corpo de Baile de Caraguatatuba, sob direção de Cristina Neves, apresenta “Colcha de Retalhos”. Encerrando a programação, o grupo de dança Artes Cruzadas, dirigido por Mirco Visconti, fecha o Dança e Movimento com a estreia do espetáculo “O circo dos Sonhos”, no dia 9 de outubro. A obra tem como ponto de partida imagens do livro de Erin Morgensteen “The Night Circus” – “O Circo da Noite”. Dança, teatro, circo e vídeo se complementam nesta produção de dança teatro.

Dança e Movimento
Nestes quase 20 anos de história, o Dança e Movimento se tornou um marco na dança contemporânea e entrou para o Calendário Turístico Cultural do Estado de São Paulo, através de projeto de lei, decretado em 2004. Em sua 19ª edição, o evento reforça sua diversidade e tem reunido moradores e turistas, crianças e idosos, artistas e leigos. O projeto é uma realização da Secretaria de Estado da Cultura – ProAC, Prefeitura de Ilhabela, por meio da Secretaria de Cultura e Fundaci e Espaço Cultural Pés no Chão. O Espaço Cultural Pés no Chão fica na Rua Macapá 72, na Barra Velha, em Ilhabela-SP. Mais informações pelo telefone: 12 3896 6727.

Agenda
30/09 – 21h – Raça Cia de
Dança de São Paulo
Vila, Centro Histórico

1°/10 – 21h – Cisne Negro
Cia de Dança
Vila, Centro Histórico

4 e 6/10 – Palhaça Carmela
Comunidades de Bonete e Castelhanos

7/10 – 20h – Sônia Galvão e Grupo
Espaço Cultural Pés no Chão

8/10 – 20h – Corpo de Baile de Caraguatatuba
Espaço Cultural Pés no Chão

9/10 – 20h – Grupo Artes Cruzadas
Espaço Cultural Pés no Chão

Curso Técnico em Teatro oferecido pelo Senac e Fundacc tem início em Caraguá

As aulas têm como objetivo habilitar o aluno para exercer a profissão de ator em diversos espaços de atuação

curso-de-teatro_senac_divulgacao

Teve início em Caraguá na última segunda-feira (19/9), o Curso Técnico em Teatro, oferecido pela Fundacc (Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba) em parceria com o Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial).
Com carga horária de 800 horas e distribuído em 18 meses, o curso está sendo ministrado de segunda a quinta-feira, das 19h às 22h, no Auditório Maristela de Oliveira, no Centro, e em outras unidades da Fundacc. Os 30 inscritos selecionados receberam uma bolsa de estudo, disponibilizada pelo Governo Municipal, que reduz em 65% o valor do custo do mesmo curso oferecido em unidades do Senac.
Os candidatos inscritos foram avaliados por uma banca composta pela comissão do Senac – São José dos Campos, Juliana Guratti e o ator Valdemir Bellei, e da Fundacc, formada pelas atrizes e diretoras teatrais Fabiana Monsalu e Imara Reis.
As aulas têm como objetivo habilitar o aluno para exercer a profissão de ator em diversos espaços de atuação, como teatro, cinema, televisão e empresas de vídeo, bem como em espaços não convencionais para apresentações de espetáculos. Para tanto, o curso trabalha recursos vocais, corporais, emocionais, plásticos e tecnológicos, que transmitam ao espectador um conjunto de ideias, situações e ações dramáticas. Os alunos que concluírem o curso receberão DRT (registro profissional de ator).
Até novembro, a atriz, diretora e apresentadora, Karina Sbruzzy, ministrará o primeiro módulo do curso, que é mais uma iniciativa na promoção da qualificação profissional no município em parceria com grandes instituições de ensino.

Sobre o Senac
Em 2016, o Senac festeja 70 anos de atividades. Com tantas décadas de história, a organização permanece contemporânea e reafirma sua capacidade de inovação e renovação. Como marca desse desempenho, o Senac acompanha e abre caminhos para as tendências do mundo do trabalho no comércio de bens, serviços e turismo. Hoje, o Senac está fisicamente presente em mais de 40 municípios, com 60 unidades, além de dois hotéis-escola e da Editora Senac São Paulo.Participando ativamente da vida das pessoas, das empresas e das comunidades onde está presente, o Senac engrandece a educação brasileira, enfatizando a importância do desenvolvimento humano.
Seus valores institucionais ressaltam uma identidade comum e norteiam a atitude de cada um de nós no exercício do cotidiano profissional, valorizando a atitude empreendedora, a busca da excelência em seu desempenho e na satisfação dos clientes, o compromisso social, o desenvolvimento sustentável e a educação para a autonomia.

Após disputa de vôlei e canoa caiçara, Ilhabela terá Prova Natatória Píer a Píer no dia 8

competicoes-esportivas-1

Dentro da programação esportiva das comemorações do mês de aniversário de 211 anos de emancipação político-administrativa de Ilhabela, a 7ª Prova Natatória Píer e Píer, que seria realizada no último dia 24, foi transferida para o dia 8 de outubro (sábado), às 8h, na Praia Grande, sul da Ilha, devido a previsão de fortes ventos e ondulações no local da prova.
A largada para os competidores que participarão da prova de 1K ocorrerá às 8h. Para os que competirão a de 3K, a largada será às 8h30min. O percurso será definido no dia do evento, dependendo da maré. Inscrições podem ser feitas no e-mail: inscricao.esportes@ilhabela.sp.gov.br. Preencha o formulário com nome data de nascimento, RG, endereço e equipe/academia.

Vôlei
Na manhã do dia 24, na Praia Grande, teve início a 4ª etapa do IV Circuito do Vôlei de Praia e o Torneio 4×4 (até 16 anos). Simultaneamente, na Praia do Perequê, foi realizado o torneio de malha e bocha.
No dia 25, também na Praia do Perequê, houve a tradicional prova de Canoa Caiçara “Antônio Carlos dos Reis – Carlito”. Os competidores seguiram até à Vila – Centro Histórico.
Durante o último final de semana ocorreu a final do Campeonato Paulista de Optimist, iniciado na semana anterior. O evento foi realizado na Escola de Vela “Lars Grael”, no bairro Pequeá. Aproximadamente 46 embarcações participam da competição.

Instituto Argonauta realiza soltura de Fragata e Atobá

p1170655

O Instituto realizou o regaste das aves e após, iniciou o tratamento para que se recuperassem e pudessem voltar ao seu habitat natural.
Na última quinta-feira (22), a equipe do Instituto Argonauta durante um treino de vôo realizou a soltura de um atobá juvenil macho e uma fragata fêmea, que já estavam no processo final de reabilitação.
O atobá foi encontrado na Praia da Armação, em Ilha Bela, precisando de socorro. Logo em seguida, foi resgatado pela equipe de monitoramento de praia e foi encaminhado para a Base de estabilização Argonauta em São Sebastião.
Permaneceu por 48 horas em tratamento intensivo até o dia 2 de Setembro, quando foi transportado para o Centro de Reabilitação Argonauta em Ubatuba. Segundo Pedro Luis Bruno Filho, médico veterinário do Instituto Argonauta, acredita-se que a ave recém havia saído do ninho e estava aprendendo a viver sem a presença dos pais.
Já a fragata, foi encontrada em São Sebastião no quintal de uma casa, apresentando um comportamento apático.
Populares entraram em contato e a equipe do Instituto Argonauta fez o resgate.
Após o período de reabilitação, os dois animais se recuperaram e a equipe do instituto passou a realizar treinos de vôos semanais na praia com o objetivo de fortalecer a musculatura das asas.
Assim, ambos receberam uma anilha de identificação do CEMAVE e foram soltos. Estas atividades fazem parte do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos. O PMP-BS consiste em uma atividade de monitoramento desenvolvida para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal das atividades da Petrobras de produção e escoamento de petróleo e gás natural no Pólo Pré-Sal da Bacia de Santos, conduzido pelo Ibama e coordenado pela UNIVALI sob a responsabilidade do Instituto Argonauta no litoral norte do estado de SP.
A equipe do Instituto Argonauta recomenda que ao encontrar um animal marinho debilitado, o ideal é não se aproximar, pois, dependendo da espécie, pode se tornar agressivo caso se sinta ameaçado. Caso aviste um animal marinho vivo debilitado ou morto, ligue no: 0800 642 3341 ou (whatsapp) 12 9 97359167.

Sobre o Instituto
O Instituto Argonauta para a Conservação Costeira e Marinha é uma organização não governamental sem fins lucrativos, fundada em julho de 1998 pela Diretoria do Aquário de Ubatuba. Foi criado para incentivar a obtenção de recursos para projetos de pesquisa voltados à preservação do oceano. Tem como objetivo, o desenvolvimento e o apoio à cultura e educação com ações de conservação ambiental, defesa, elevação e manutenção da qualidade de vida do ser humano e do meio ambiente. Está sediado em Ubatuba, atua em parceria com o Aquário de Ubatuba e mantém convênio com a Petrobras desde outubro de 2011.