Castração e microchipagem de cães e gatos começam no São Francisco

Ação prossegue neste sábado e domingo no CRAS da Topolândia

A Prefeitura de São Sebastião começou nessa sexta-feira (13), através da Secretaria de Saúde (Sesau), por meio do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses), os serviços de castração e microchipagem de cães e gatos na cidade. O prefeito Ernane Primazzi na companhia dos secretários de Saúde e de Governo e Esportes, Urandy Rocha e Fábio Lopez, estiveram presentes no início dos trabalhos no São Francisco que também ocorre neste fim de semana na Topolândia, ambos na região central. Segundo o prefeito, o êxito depende também da conscientização da população em castrar e microchipar seus animais domésticos, e com isso contribuir para o trabalho da Zoonoses no controle de natalidade. O chefe do Poder Executivo explica que esta ação foi possível através de uma parceria que resultou em uma emenda do deputado Ricardo Tripoli. “Porém, o Governo do Estado só liberou uma parte. Aproveitamos para iniciar os trabalhos, mas contamos com o cumprimento da palavra e aguardamos a segunda parte até o fim do ano”, disse o prefeito Ernane.

Trabalhos
De acordo com o diretor de Vigilância em Saúde, Givanildo Ferreira, o processo abrange tanto as fêmeas quanto os machos, adultos e filhotes. A castração e microchipagem ocorrem no mesmo tempo. Com isso, os animais recebem alta logo após o processo cirúrgico. Ferreira informou que este serviço serve na tentativa de controle da população de cães e gatos no município. “Uma novidade é a microchipagem, pois permitirá a posse responsável. O animal carregará os dados de seu dono”, comentou ao explicar que a iniciativa pode propiciar redução no caso da perda de animais. A estimativa é que no total sejam atendidos cerca de 2 mil animais. “Esperamos nesse primeiro momento cerca de 200 atendimentos no São Francisco e aproximadamente 700 na Topolândia. No mês que vem realizaremos mutirões na Costa Sul”, avisou o diretor de Vigilância em Saúde.
Serviço: A ação acontece das 8h às 17h, tanto no CAE do São Francisco, como no CRAS da Topolândia.