Centro Integrado Profissionalizante já formou aproximadamente 400 pessoas no primeiro semestre

O Centro Integrado Profissionalizante (CIP), em parceria com a Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Humano (SETRADH) e a Secretaria de Educação (SEDUC), formou cerca de 400 pessoas somente no primeiro semestre deste ano. Até o final do mês de agosto foram e estão sendo oferecidos 24 cursos, num total de 520 alunos atendidos.
O Centro Integrado Profissionalizante possui mais de 25 anos de história e sempre foi referência de Ensino Profissionalizante no município.
Situado na Rua Antônio Pereira da Silva, 56, bairro Topolândia, conta com uma equipe técnica e pedagógica, três salas de aula, um laboratório de informática, uma oficina de costura, uma cozinha industrial, uma padaria e um galpão onde ocorrem as oficinas de construção civil, mecânica náutica e automotiva.
O CIP hoje é administrado pela SEDUC e SETRADH, trabalha em convênio com a escola SENAI de São José dos Campos e em parceria com outras instituições, como o SENAC, SEBRAE, Fatec, Etec e a ETS, além de grandes e pequenas empresas como as tintas Sherwin Williams, Tigre tubos e conexões, Dispan do Vale gêneros alimentícios, Depósito Max Copa e a GELF Engenharia, promovendo cursos nas áreas de alimentação, construção civil, vestuário, informática, gestão e mecânica.
O Centro atende a população em geral a partir dos 16 anos de idade e também públicos específicos, como as pessoas em vulnerabilidade social, idosos e pessoas com deficiência.
Projetos
O Projeto “Asas” de formação para a pessoa com deficiência, desenvolvido pelo CIP, atende alunos dos anos finais do Ensino Fundamental II da rede municipal, atendidos pelo Espaço de Atendimento Pedagógico Especializado (EAPE), com cursos na área de atendimento, culinária, planejamento, organização e montagem de buffet e noções administrativas, visando proporcionar a esses jovens melhores condições de acesso ao mercado de trabalho. Além do Projeto Asas, o CIP desenvolve projetos em conjunto com o Fundo Social de Solidariedade, como a Padaria Artesanal e o curso de Costura e Bordados para idosos do Programa Mais Vida.O foco do CIP é o de formação para a geração de renda e de preparação e qualificação para o mercado de trabalho.

Comments are closed.