Secretarias de Educação e Saúde de Ubatuba realizam trabalho conjunto em Picinguaba e Camburi

Ação “in loco” beneficiou crianças das escolas dos bairros Picinguaba e Camburi

Ação Conjunta Ciranda _equipe na escola

Os bairros Picinguaba e Camburi, localizados na região norte de Ubatuba, receberam a visita da médica do Centro de Atenção Psicossocial (Caps), Marcela Pellegrino, na última quinta-feira, 17. O intuito da ação foi promover um trabalho preventivo em saúde mental, além de avaliação e consulta médica para algumas crianças das escolas municipais Iberê Ananias e Maria do Carmo Soares.
A iniciativa faz parte de uma parceria entre as secretarias da Educação e Saúde, cuja relação vem se estreitando em prol da qualidade de vida dos cidadãos de Ubatuba, principalmente, a partir da infância- público-alvo do Centro Interdisciplinar de Apoio às Necessidades do Aluno (Ciranda), que integra o departamento de Educação Inclusiva.
Ao observar as dificuldades das famílias em se deslocarem até o centro da cidade para a avaliação, a equipe multidisciplinar do Ciranda sugeriu o atendimento “in loco” – solicitação que foi prontamente acatada pela secretaria municipal da Saúde, que autorizou a participação da médica e cedeu as instalações da Unidade Básica de Saúde (UBS) local.
Antes da partida, o secretário de Educação, Hélio José de Paula, esteve com a equipe para desejar um bom dia de trabalho aos que se dedicariam a estabelecer vínculos entre as pastas e agradecer pelo empenho e execução dessas tarefas, como os cuidados essenciais à saúde das crianças pertencentes à rede.
“Sinto-me muito feliz pela atenção e carinho com que vocês se dispõem a fazer o que é necessário por nossos estudantes”, enfatizou o secretário.
Para completar a ação educativa, a coordenadora do Ciranda, professora Patrícia Liberal, juntamente com a equipe formada pelas psicólogas Angélica Duarte e Renata Perez, fonoaudióloga Graziela Alves e psicopedagoga Maria de Lourdes Teixeira, deram inicio a um projeto de incentivo à leitura para as crianças da Escola Municipal Professora Maria do Carmo Soares, onde a maior parte dos estudantes são moradores do quilombo dos Jambeiros no bairro do Camburi. Foi feita a distribuição de sacolinhas, confeccionadas por elas mesmas, para motivar a cultura da leitura em família.
“A alegria das crianças ao receberem o material que embalou os livros escolhidos que elas levaram para casa já justifica a ida e empenho de todos”, afirmou a psicopedagoga. O projeto será executado pelas professoras Lúcia Machado e Lélia Damásio, que darão o andamento utilizando o material também enviado pela secretaria de Educação, por meio da supervisora de ensino, Claudia Almeida. “Parabenizamos as secretarias de Educação e Saúde por essa ação conjunta, firmando o apoio dos gestores da Administração, que já contempla os primeiros passos rumo à qualidade de vida dos moradores de nossa tão querida cidade”, comemorou o prefeito Délcio José Sato (PSD).

Comments are closed.